Quarta-feira, 10 de maio de 2017

Documentário mostra trabalho da CPRM na operação da Rede Hidrometeorológica Nacional

 Stênio Petrovich e Frederico Peixinho assistem à exibição do documentário na ANA Produzido pela Agência Nacional de Águas (ANA), em parceria com a Agência de Cooperação Brasileira (ABC) e a Unesco, com apoio do Serviço Geológico do Brasil (CPRM), o documentário mostra como esse trabalho de monitoramento e medição de rios é realizado, destacando a importância dos vários profissionais que atuam na operação da Rede Hidrometeorológica Nacional (RHN). Lançado nessa terça-feira (9/5), em Brasília, o evento contou com a presença do diretor de Hidrologia e Gestão Territorial, Stênio Petrovich, do chefe do Departamento de Hidrologia, Frederico Peixinho, além de técnicos em hidrologia da CPRM, que foram homenageados durante a solenidade.

A Rede é composta por 4.633 estações de medição pluviométricas (chuvas) e fluviométricas (rios), onde são monitorados nível e vazão dos rios, a quantidade de sedimentos e a qualidade da água. Coordenada pela ANA, e operada pela CPRM, a Rede monitora 2.176 dos 12.978 rios cadastrados no Sistema de Informações Hidrológicas da ANA. “Essas informações são fundamentais tanto para a tomada de decisões no gerenciamento de recursos hídricos como para a informação de toda a sociedade”, disse o presidente da ANA, Vicente Andreu, na abertura do evento.

 Diretor Stênio entrega homenagem à observadora hidrológica Na solenidade foi homenageado o ex-superintendente da ANA, Valdemar dos Santos Guimarães, um dos responsáveis pela implementação do monitoramento hidrológico no Brasil, além de observadores e técnicos em hidrologia da CPRM.

 Exposição de equipamentos da Rede Hidrometeorológica Nacional Clique aqui e confira o documentário.

Assessoria de Comunicação
Serviço Geológico do Brasil - CPRM
asscomdf@cprm.gov.br
(61) 2108-8400

© Copyright CPRM 2016. Todos os direitos reservados.