Alice Silva de Castilho

DIRETORA DE HIDROLOGIA E GESTÃO TERRITORIAL

Alice Silva de Castilho, Diretora de Hidrologia e Gestão Territorial Alice Silva de Castilho (MG, 1970) é formada em Engenharia Civil, pela Universidade Federal de Minas Gerais, Mestre em Recursos Hídricos pela UFMG, Especialista em Saneamento pela PUC/MG, e Especialista em Instrumentos Jurídicos, Econômicos e Institucionais para o Gerenciamento de Recursos Hídricos pela UFPB. É Pesquisadora em Geociências da CPRM – Serviço Geológico do Brasil em dois períodos distintos: 1994 a 2005 e 2013 até atualmente.

Iniciou sua carreira como engenheira hidróloga, no SGB em 1994, e de 2003 a 2005 foi gerente de Hidrologia e Gestão Territorial da Superintendência Regional de Belo Horizonte. Atuou na área de: planejamento e operação da Rede Hidrometeorológica Nacional; projetos de avaliação de disponibilidade hídrica; concepção, implantação e operação do Sistema de Alerta de Enchentes da Bacia do Rio Doce; definição da planície de inundação da cidade de Governador Valadares. Em 2002, foi agraciada com a Medalha de Honra da Defesa Civil de Minas Gerais por sua atuação frente ao sistema de alerta da bacia do rio Doce.

Em novembro de 2005, se desligou da CPRM para atuar como engenheira, em projetos e estudos ambientais principalmente voltados para a área de mineração na Golder Associates. Onde foi gerente de vários projetos e líder da área de recursos hídricos, composta pelas equipes de Hidrologia, Hidrogeologia e Geoquímica.

Trabalhou no Ministério da Integração Nacional, como especialista em infraestrutura, no acompanhamento da implantação de projetos de irrigação no Brasil.

Trabalhou na COPASA, no cargo de analista de recursos hídricos, na operação de redes hidrológicas e identificação de mananciais de abastecimento no estado de Minas Gerais.

Em dezembro de 2013, retornou ao SGB, onde tem trabalhado no Departamento de Hidrologia, em: sistemas de alerta de eventos críticos; em especial, da estiagem na região Sudeste; estudos hidrogeológicos integrados (Região do Aquífero Urucuia, Região Metropolitana de São Luís e bacia do rio Carinhanha); registro dos impactos da ruptura de barragem de rejeitos (Fundão e Córrego do Feijão); definição e implantação da Rede Hidrometeorológica Nacional de Referência – RHNR.

Em 2016, foi nomeada coordenadora executiva do DEHID, atuando como substituta do chefe do Departamento.



E-mail: alice.castilho@cprm.gov.br
  • Imprimir