Sexta-feira, 05 de agosto de 2022

Agosto Dourado simboliza incentivo ao aleitamento materno



Símbolo de incentivo ao aleitamento materno, o mês de agosto é nacionalmente reconhecido como ‘Agosto Dourado’. O nome dado à campanha está relacionado ao padrão ouro de qualidade do leite humano e tem o objetivo de reforçar a importância do leite materno para o desenvolvimento de crianças, de até dois anos de idade.

De acordo com a Organização Mundial da Saúde (OMS), a amamentação é uma das melhores fontes de nutrientes para a vida infantil. É por meio do leite materno que o bebê recebe os anticorpos da mãe, que o protegem contra diversas doenças, além de melhorar a saúde e o desenvolvimento social e cognitivo.

Apesar de apresentar grandes desafios, principalmente às mulheres que trabalham, o período de aleitamento exige atenção e repouso, sendo necessário um tempo de recesso às mães para que o alimento seja desenvolvido de forma saudável. Neste sentido, a fim de assegurar maior tranquilidade à lactante, durante uma fase tão importante para o desenvolvimento do bebê, o art. 396 da Consolidação das Leis do Trabalho (CLT) estabelece que para amamentar o próprio filho a mulher terá direito a dois descansos especiais, de meia hora cada um, durante a jornada de trabalho, até que seu filho complete seis meses de idade.

Para além dos inúmeros benefícios nutricionais que o leite materno oferece, amamentar fortalece a conexão emocional da mãe com o bebê, pois proporciona contato físico, carinho e estímulo ao desenvolvimento cognitivo e intelectual.

Veja alguns dos diversos benefícios da amamentação:

Para o bebê:
• Desenvolve a face;
• Desenvolve a fala;
• Protege o coração;
• Melhora a função cerebral;
• Reduz problemas intestinais;
• Desenvolve o sistema nervoso;
• Fortalece o sistema imunológico;
• Reduz o risco de doenças alérgicas;
• Previne contra doenças contagiosas;
• Previne a desnutrição e obesidade;
• Estimula e fortalece a arcada dentária;
• Inibe a Síndrome da Morte Súbita Infantil (SMSI);
• Estimula o desenvolvimento cognitivo e intelectual;

Para a mãe:
• Evita anemia;
• Acelera a perda de peso;
• Protege contra a osteoporose;
• Protege contra doenças cardiovasculares;
• Diminui o sangramento no período pós-parto;
• Reduz a incidência de cânceres de mama, ovário e endométrio

Mayara Ferreira
Assessoria de Comunicação
Serviço Geológico do Brasil - CPRM
Imprensa@cprm.gov.br
  • Imprimir