Terça-feira, 18 de fevereiro de 2020

Serviço Geológico do Brasil entrega estudo petrográfico para duplicação da BR-116

Relatório da CPRM apresenta informações das rochas para obras na BR-116
O Serviço Geológico do Brasil (CPRM) finalizou o relatório de caracterização petrográfica de amostras de rochas que serão utilizadas na obra de duplicação da BR-116. O estudo foi executado por solicitação do Exército Brasileiro para atender as normas vigentes, que exigem a avaliação do material a ser utilizado para compor as camadas de pavimentação.

Os laboratórios de sedimentologia e petrologia da Superintendência Regional de Porto Alegre são referências em análises para construção civil. O relatório apresenta informações macro e microscópicas das rochas, em particular sobre a sua reatividade e segurança no seu uso em obras de edificação, conforme as normas NBR 7389-1 NBR 7389-2 de 2009 para descrição de agregados, além da DNER-IE006/94.

O 1º Batalhão Ferroviário do Exército Brasileiro, situado em Lages-SC, está executando a duplicação da rodovia BR-116, entre as cidades de Guaíba e Tapes, em parceria com o DNIT. A pedreira se localiza em Barra do Ribeiro.

Parceria — Para atender a necessidade da utilização de britas na obra de duplicação, em 2018, o Serviço Geológico do Brasil também elaborou mapa das indicações de áreas potenciais graníticas limítrofes da BR 116, entre os municípios de Guaíba e Sentinela do Sul, a pedido do Exército Brasileiro.




Janis Morais
Assessoria de Comunicação
Serviço Geológico do Brasil - CPRM
asscomdf@cprm.gov.br
(61) 2108-8400
(51) 3406-7361
  • Imprimir