Sexta-feira, 01 de fevereiro de 2019

Serviço Geológico do Brasil divulga novo boletim de monitoramento do rio Paraopeba

 Técnica em geociências da CPRM durante monitoramento do rio Paraopeba Já está disponível o boletim de monitoramento do rio Paraopeba de 01/02/2019, com novos dados coletados em campo.

O boletim de monitoramento do rio Paraopeba, divulgado às 21h desta sexta-feira (01/02), traz informações com novos dados coletados em campo, mostrando que devido chuvas que caíram na região levantou-se uma segunda pluma (mistura de rejeito e água) detectada pelos pesquisadores no curso do rio Paraopeba perto do município de Mário Campos.
As amostras de água - colhidas hoje às 9h30 e analisadas - perto de Mário Campos, a 27 km da barragem, indicavam elevada turbidez. Entretanto, o resultado de amostras colhidas às 12hs, em outro ponto de monitoramento - estação ponte nova do Paraopeba - que fica a 57 km da barragem, indicam que a turbidez está em níveis baixos, e com cor semelhante ao aspecto natural do rio. A turbidez se manteve semelhante em outro ponto de monitoramento, na estação da ponte da Taquara, a 176 km de distância.
Clique aqui para acessar o boletim completo.


Warley Pereira
Janis Morais
Foto: Pedro Henrique Santos
Assessoria de Comunicação
Serviço Geológico do Brasil - CPRM
asscom@cprm.gov.br
(61) 98167-7015 - Eduardo Cucolo
(61) 2108-8400 - ASSCOM

  • Imprimir

© Copyright CPRM 2016-2019. Todos os direitos reservados.