Terça-feira, 20 de outubro de 2020

Província Mineral de Carajás será tema da próxima live do SGB

Considerada a mais importante Província Mineral do país, sua história e o porquê de ser tão especial serão apresentados na transmissão
Minério de cobre calcopirita extraído da Província de Carajás
Considerada a mais importante Província Mineral do País e uma das mais importantes do planeta, a evolução geológica de Carajás será contada por meio de uma live realizada pelo Serviço Geológico do Brasil (SGB/CPRM), conduzida pelo pesquisador Noevaldo Teixeira, chefe do Centro de Desenvolvimento Tecnológico (CEDES). A palestra vai abordar o conhecimento metalogenético da Província Mineral de Carajás, com foco nos últimos 20 anos, os quais tiveram intensa participação da academia e indústria. A transmissão está marcada para o próximo dia 27, às 15h, no canal TV CPRM no YouTube.

Para explicar por que Carajás é tão especial, o pesquisador aponta que a província é a primeira produtora mundial de ferro de alto teor e a segunda mais importante com áreas de ocorrência de depósitos de cobre e ouro do tipo IOCC (óxido de ferro, sulfetos de cobre e ouro), com produção adicional significativa de manganês e níquel. Sua produção mineral contribui com bilhões de reais anualmente para a pauta de exportação, geração de empregos e desenvolvimento regional, constituindo um exemplo mundial de atividade mineral sustentável.

Cientificamente (não só nas geociências), Carajás desperta enorme interesse nacional e internacional, com mais de 100 teses e centenas de trabalhos publicados nas mais prestigiadas revistas internacionais. Após 50 anos de intensa atividade exploratória por várias empresas, a província gerou o maior número de descobertas minerais do país, o que torna o assunto tão procurado por estudiosos nas geociências no Brasil e no mundo.

O FUTURO DAS PESQUISAS VISANDO NOVAS DESCOBERTAS
Os terrenos de Carajás e seu entorno possuem cinco sistemas minerais distintos, permitindo aos pesquisadores estudarem como são formados importantes depósitos minerais de ferro, cobre, ouro, níquel, cromo, estanho e elementos do grupo da platina. Os aspectos referentes a maneira e o porquê os depósitos minerais de Carajás são tão particulares ainda não estão plenamente estabelecidos.

O entendimento científico pelo qual os depósitos minerais de Carajás foram formados, podem fornecer novas ideias exploratórias contribuindo para que as empresas possam descobrir novos depósitos minerais na região. Para Noevaldo, a participação e ampliação desse tipo de debate, constitui uma das mais importantes missões do Serviço Geológico do Brasil.

“O Brasil precisa aumentar o seu fluxo de descobertas minerais, precisamos atrair capitais para a fase de exploração e pesquisa. Só conseguiremos manter o setor mineral brasileiro robusto, colocando em produção novos depósitos minerais. Para isso, os trabalhos geológicos básicos do SGB-CPRM e o debate científico com todos os envolvidos torna-se obrigatório. O conhecimento geológico básico de Carajás é uma prioridade para o Serviço Geológico do Brasil e para o CEDS em particular”, argumentou Noevaldo Teixeira.

A apresentação está marcada para o próximo dia 27, às 15h e será transmitida pelo canal TV CPRM no YouTube.


Serviço: Live - Como a Província Mineral de Carajás foi formada e por que ela é tão especial
Data: 27 de outubro
Horário: 15h
Onde: Canal TV CPRM no YouTube


Letícia Peixoto
Assessoria de Comunicação
Serviço Geológico do Brasil - CPRM
asscom@cprm.gov.br
leticia.peixoto@cprm.gov.br
(61) 2108-8400

  • Imprimir