Sexta-feira, 23 de outubro de 2020

Estudo apresenta modelo prospectivo para ágatas e ametistas na fronteira Brasil-Uruguai

 Geóloga Magda Bergmann em etapa de campo do projeto que investiga ágatas e ametistas
O Serviço Geológico do Brasil (SGB-CPRM) disponibilizou nesta semana no seu banco de dados público, o Rigeo, novo Informe de Recursos Minerais que apresenta Modelo Prospectivo para Ametista e Ágata na Fronteira Sudoeste do Rio Grande do Sul, coordenado pelo Departamento de Recursos Minerais (DEREM) da Diretoria de Geologia e Recursos Minerais (DGM). A pesquisa faz parte do programa de Áreas de Relevante Interesse Mineral (ARIM) ação que visa estimular a pesquisa e a produção mineral brasileira, com foco adicional no suprimento de matérias primas essenciais para o desenvolvimento da infraestrutura e do agronegócio no Brasil. Saiba mais acessando aqui: https://bit.ly/2HuareT

O estudo, conduzido pela pesquisadora em Geociências Magda Bergmann, busca fomentar o aproveitamento econômico dos depósitos de ametista e ágata na região de fronteira do Brasil com o Uruguai. O Rio Grande do Sul é conhecido por possuir jazimentos de ágata no Distrito Mineiro de Salto do Jacuí e depósitos de classe mundial de ametista, localizados em Ametista do Sul, liderando a produção mundial desta gema. Este novo estudo do SGB-CPRM tem como foco mineralizações de gemas menos conhecidas, mas com grande potencialidade, na fronteira sudoeste do RS, localizadas em áreas contíguas aos depósitos de classe mundial do distrito gemológico Los Catalanes, do Uruguai.

“Além de apresentar a hierarquização dos condicionantes geológicos e determinar os controles litológicos dos depósitos de gemas estudados, a pesquisa alerta para o grande potencial para a gema ametista, não explorada atualmente pelos produtores de ágata da região. Ou seja, os dados apresentados indicam continuidade da província gemológica uruguaia no lado brasileiro”, destacou o chefe do Departamento de Recursos Minerais, Marcelo Esteves Almeida.


Janis Morais
Assessoria de Comunicação
Serviço Geológico do Brasil - CPRM
asscom@cprm.gov.br
janis.morais@cprm.gov.br


  • Imprimir