Quinta-feira, 25 de junho de 2020

Estratégias para aliar a mineração à sustentabilidade são discutidas em conferência entre Brasil e Alemanha

A conferência on-line reuniu 375 participantes
O planeta precisa se avançar. E, em paralelo, precisa aprender a praticar o desenvolvimento de forma sustentável. Foi com este objetivo que a Câmara de Comércio Brasil-Alemanha apresentou nesta quarta-feira(24), a 5ª Conferência Brasil-Alemanha de Mineração e Recursos Minerais. Esteves Colnago representou o Serviço Geológico do Brasil (CPRM) e abordou as práticas já realizadas pela empresa, além das perspectivas para os próximos anos. A conferência contou com 375 participantes.

O tema “Sustentabilidade na mineração: a reconquista da confiança por meio de governança e novas tecnologias” discutido na conferência de 2020 é sempre atual. Este desafio é compartilhado por todos os países que caminham entre o desenvolvimento e o cuidado com seus recursos naturais. Em seu discurso de abertura, o anfitrião do evento, Manfredo Rübens, presidente da Câmara de Comércio Brasil-Alemanha, abordou a necessidade de uma discussão de alto nível.

“Entendemos que para uma retomada efetiva da economia impactada pela pandemia, precisamos focar na sustentabilidade. Na Europa, e em específico na Alemanha, por exemplo, já se fala de um “reinício verde“. Como a mineração é uma atividade econômica absolutamente essencial, pré-requisito para o provimento de recursos minerais para melhorar a infraestrutura e qualidade de vida para bilhões de pessoas no mundo, é preciso não somente justificar sua existência, mas também repensá-la para se adaptar às novas exigências da sociedade”, argumentou Manfredo Rübens.

Na mesma linha de discurso, o Secretário de Geologia e Transformação Mineral do Ministério de Minas e Energia, Alexandre Vidigal, ponderou que, do ponto de vista do Brasil, não há mineração contemporânea dissociada da sustentabilidade. Vidigal disse que a atividade da mineração está voltada para a promoção do desenvolvimento do país e do bem estar permanente da população.

“Nosso desafio é incentivar a sociedade a entender a verdadeira face da mineração como a atividade imprescindível à geração de riqueza em benefício de todos, inclusive como garantia para o futuro sustentável do planeta. É com a mineração que se obtém a maior geração de riqueza em menor área. É a partir da mineração que se desenvolverão novos recursos tecnológicos para a oferta de energia limpa. Sabemos todos nesta conferência o valor da mineração e é nosso compromisso estender esse entendimento à sociedade em geral”, argumentou Vidigal.

Esteves Colnago, diretor-presidente da CPRM: o trabalho da empresa é disponibilizar informações de qualidade
Em sua fala, o diretor-presidente do Serviço Geológico do Brasil enfatizou que a essência do trabalho da CPRM é disponibilizar informações de qualidade para minimizar o risco nas primeiras fases da pesquisa mineral e, dessa forma, a empresa contribui tanto com o percentual de assertividade, quanto a atratividade para os investidores.

Colnago listou os trabalhos realizados pela CPRM que integram as ações sustentáveis da empresa, como o pioneirismo nos estudos agrogeológicos, incluindo potenciais de utilização de rejeitos industriais e de mineração, como remineralizadores de solo.

E entre as parcerias, realizadas entre Brasil e Alemanha, Colnago citou o projeto Biocobalto, iniciativa entre a CPRM, A Anglo American Brasil, o Instituto Federal de Geociências e Recursos Naturais da Alemanha e o Centro de Tecnologia Mineral (CETEM).

“O objetivo deste projeto é definir, entre os depósitos estudados, as características mineralógicas que permitam o processamento mineral do cobalto, através do processo por biolixiviação para atender à crescente demanda por minerais estratégicos, da indústria de alta tecnologia”, destacou.

“A CPRM acredita que a busca com conhecimento dos recursos minerais é a chave do sucesso para atingir-se a sustentabilidade das atividades de mineração no país”, afirmou Colnago.

Esta é a quinta edição da conferência. Anualmente o evento reúne autoridades do Governo, especialistas e grandes executivos em uma programação com painéis sobre os desafios e perspectivas do setor. As apresentações serão disponibilizadas em breve no site da Câmara no YouTube.



Letícia Peixoto
Assessoria de Comunicação
Serviço Geológico do Brasil - CPRM
asscomdf@cprm.gov.br
leticia.peixoto@cprm.gov.br
(61) 2108-8400

  • Imprimir