Sexta-feira, 23 de outubro de 2020

Está disponível para consulta pública o estudo de Rochas Ornamentais do Rio Grande do Norte

O estado do Rio Grande do Norte apresenta um excelente potencial para a produção de rocha ornamental em sua diversidade de cores e texturas. Com a publicação desse Informe, espera-se que o setor venha a ter um instrumento de pesquisa de forma a fomentar sua produção e, consequentemente, promover a geração de novos empregos e receitas para o estado.

Capa do Informe de Rochas Ornamentais do Estado do Rio Grande do Norte: Mapa de Potencialidades
O Serviço Geológico do Brasil (SGB-CPRM), disponibilizou nesta semana em seu banco de dados público, o Rigeo, novo Informe de Recursos Minerais que apresenta o estudo “Rochas Ornamentais do Estado do Rio Grande do Norte: Mapa de Potencialidades”. A publicação atende a sociedade em geral e está voltada para a comunidade acadêmica, pesquisadores, empresários e profissionais do setor mineral.
O projeto está vinculado ao Programa Geologia, Mineração e Transformação Mineral, e à Ação Avaliação dos Recursos Minerais do Brasil, da Diretoria de Geologia e Recursos Minerais (DGM), financiado pelo Programa de Aceleração do Crescimento (PAC), do Governo Federal e tem o objetivo de estimular a pesquisa e a produção mineral brasileira, com foco no suprimento de matérias primas essenciais para o desenvolvimento da infraestrutura e do agronegócio no Brasil.

O projeto foi executado pela equipe do Núcleo de Apoio de Natal (NANA) da Gerência de Geologia e Recursos Minerais, Superintendência Regional de Recife, e coordenado pela Divisão de Minerais Industriais (DIMINI) do Departamento de Recursos Minerais (DEREM).

Este documento espelha os elementos e resultados referentes aos estudos das tipologias de rochas ornamentais, oriundas deste estado, bem como da ambiência favorável à ocorrência das mesmas. Além disso, o produto contém o mapa de potencialidades em rochas ornamentais, na escala 1:500.000, e texto explicativo em formato PDF, estruturados num Sistema de Informações Geográficas-SIG e disponíveis para download no banco de dados corporativo do Serviço Geológico do Brasil – CPRM, o GeoSGB http://geosgb.cprm.gov.br).

“O potencial para rochas ornamentais do Rio Grande do Norte está diretamente associado a sua grande diversidade geológica, representado neste estudo por 14 áreas potenciais, cujos materiais pétreos são caracterizados pelos mais diferentes tipos de cores, matizes, texturas e padrões estéticos”, afirmou Marcelo Esteves Almeida, Chefe do Departamento de Recursos Minerais.

Para o Diretor de Geologia e Recursos Minerais, Marcio José Remédio, com mais este lançamento, o Serviço Geológico do Brasil segue dando cumprimento à política governamental de desenvolvimento regional como subsídio importante à formulação de políticas públicas e às tomadas de decisão de investimentos no segmento de rochas ornamentais. “O setor mineral do Rio Grande do Norte terá, nesse produto, um orientador de estratégias que garantirá, no médio e longo prazo, retorno positivo na geração de riquezas para o estado. Para além, o conhecimento geológico constitui indispensável ferramenta para o planejamento do ordenamento e ocupação territorial, em bases sustentáveis, aspecto que reforça a importância do presente trabalho.”
Acesse o estudo clicando aqui.

Acesse o estudo clicando aqui.


Letícia Peixoto
Assessoria de Comunicação
Serviço Geológico do Brasil - CPRM
asscomdf@cprm.gov.br
leticia.peixoto@cprm.gov.br
(61) 2108-8400

  • Imprimir