Segunda-feira, 16 de abril de 2018

CPRM capacita profissionais sobre novo sistema de geoprocessamento

 Empregados receberam informações no 1º dia (05/04) de curso da plataforma ArcGis Pro O Serviço Geológico do Brasil (CPRM) deu início, nos dias 5 e 6 de abril, ao treinamento da plataforma ArcGis Pro. Trata-se de um dos principais softwares utilizados ao redor do mundo para projetos de geoprocessamento. A nova ferramenta é a sucessora natural do ArcMap e promete maior versatilidade na integração de dados 3D e estatísticos.

Desenvolvido pela empresa americana Esri, líder global em sistemas de informações geográficas, o ArcGis Pro se diferencia de outros serviços por sua capacidade superior de acesso à memória e poder de processamento dos computadores modernos. A grande novidade da plataforma é a possibilidade de desenvolver mapas de forma colaborativa, através da conexão com uma base única de dados compartilhada.

Com o objetivo de difundir o aprendizado técnico, a CPRM elegeu um grupo de funcionários com perfil multiplicador, ou seja, pessoas que devem se familiarizar com o ArcGis Pro e repassar o conhecimento adiante. Para tanto, a Academia de Sistema de Informação Geográfica (GIS) da Esri, em parceria com a Divisão de Geoprocessamento (DIGEOP) do Serviço Geológico do Brasil, está ministrando cursos em todo o território nacional.

A primeira fase de capacitação teve por objetivo introduzir os pilares da ferramenta e seu correto gerenciamento por parte da equipe da DIGEOP e da Divisão de Informática (DIINFO). No dia 9, foi organizado um cronograma para uma série de cursos sobre o ArcGis Pro no Rio de Janeiro, São Paulo e Salvador, que receberam as primeiras turmas com 14 multiplicadores cada. Outros estados terão treinamentos agendados em breve.

Em um segundo momento, o treinamento vai abranger turmas de Phyton, Drone, manipulação e processamento de imagens, integração lógica com outros softwares, assim como ferramentas de controle de produtividade, métrica e gestão. Para o chefe da DIGEOP, Hiran Silva Dias, o intuito é elevar o grau de excelência na divulgação de dados e automatizar os processos permitindo uma melhor gerência. “Temos a responsabilidade de manter a nossa missão utilizando as melhores práticas do mercado”, destacou.

Assessoria de Comunicação
Serviço Geológico do Brasil - CPRM
asscomdf@cprm.gov.br
(61) 2108-8400
  • Imprimir

© Copyright CPRM 2016-2018. Todos os direitos reservados.