Regionalização de Vazões nas Bacias Hidrográficas Brasileiras

O estudo de regionalização de vazões nas bacias hidrográficas assume um papel importante na disponibilidade de informações de vazão em bacias não monitoradas hidrologicamente, a partir da qual é possível realizar o levantamento da geodiversidade no Brasil. Isso porque espacializa um dos elementos básicos para determinação da disponibilidade de recursos hídricos.

Além disso, os estudos de regionalização podem indicar a necessidade de melhoria da rede hidrometeorológica, seja pela, necessidade de instalação de novas ou relocação de estações existentes, além de fornecer um diagnóstico da qualidade dos dados, funcionando como ferramenta de auxílio à análise de consistência dos dados, porque em uma região de comportamento hidrológico considerado semelhante, cujas estações de monitoramento possuam séries de dados de diferentes tamanhos – séries longas e curtas –, a existência de séries mais longas garantirá maior confiabilidade à variável regionalizada para as regiões com séries mais curtas, como uma forma de extensão baseada na informação espacial.

Desta forma, o Projeto Regionalização de Vazões nas Bacias Hidrográficas Brasileiras realiza estudos objetivando transferir informações hidrológicas de uma região monitorada para outra que não possua coleta sistemática de dados, mas considerada de comportamento hidrológico semelhante. Além de apresentar uma forma de distribuir espacialmente a informação pontual oferecida pelas estações de monitoramento, estendendo-a para qualquer ponto ao longo dos cursos d’água da bacia hidrográfica.

O Projeto Regionalização de Vazões nas Bacias Hidrográficas Brasileiras existe na CPRM deste o ano de 2000, quando foi firmado o convênio 015/2000 ANEEL - 013/CPRM/2000, para desenvolver estudos de regionalização de vazões para sete bacias hidrográficas brasileiras. Em 2002, o convênio foi finalizado após a publicação dos relatórios sínteses, mas a CPRM continuou desenvolvendo e atualizando os estudos de regionalização para subsidiar ao planejamento e a gestão do território, auxiliando na mitigação dos efeitos dos eventos extremos, como as cheias e inundações.

Estudos realizados pela CPRM:



























RELATÓRIOS-SÍNTESE DE REGIONALIZAÇÃO DE VAZÕES FINALIZADOS EM 2002 CONVÊNIO: 015/2000 ANEEL - 013/CPRM/2000






© Copyright CPRM 2016-2019. Todos os direitos reservados.